Sintomas físicos da depressão

15 de Abril de 2013

Sintomas físicos da depressão

A depressão é uma condição mental, o que pode afetar não apenas a mente, mas também o corpo. Alguns dos sintomas físicos mais comuns de depressão incluem problemas de sono , tais como encontrar dificuldade em manter o sono ou adormecer. Para você começar a observar alguns dos sintomas comuns da depressão preparamos algumas orientações:

Dor no peito
Dor no peito é geralmente associada com sinais e sintomas do pulmão ou problemas de coração. Se sentir dor no peito, consulte um médico para descartar qualquer problema sério. Algumas vezes, contudo, dores no peito podem ser devido à depressão. Há uma ligação entre a doença cardíaca e depressão. Depressão pode aumentar o risco de contrair doenças cardíacas. As pessoas, que tiveram ataques cardíacos, são susceptíveis de serem mais deprimidos do que aqueles que não tiveram.

Dor nas articulações e dores musculares
A depressão está intimamente ligada à dor. Alguém, que vive com dor crônica provável tem risco de ter depressão. A depressão também pode levar a dor, porque a dor e a depressão compartilham os mesmos mensageiros químicos no cérebro. A pessoa deprimida tem até três vezes mais chance de desenvolver dor crônica.

Exaustão e fadiga
Se você se sente exausto ao fazer tarefas diárias simples, você pode estar com depressão.Fadiga e depressão se alimentam mutuamente. De acordo com um estudo sobre a relação entre fadiga e depressão, as pessoas, que estão deprimidas tem quatro vezes mais probabilidade de sofrer fadiga inexplicável e as pessoas, que sofrem de fadiga tem três vezes mais chance de ser deprimido.

Problemas digestivos
O cérebro e o sistema digestivo estão fortemente ligado. Prova disso são as náuseas ou dores de estômago que temos quando estamos preocupados ou estressado. A depressão também pode causar sintomas, tais como indigestão, constipação, diarréia ou náusea.

Dores de cabeça
As pessoas deprimidas tem mais chances de obter uma dores de cabeça crônicas. De acordo com um estudo, as pessoas, que sofrem de depressão crônica, tem três vezes mais chance de ter enxaqueca e aqueles que têm enxaquecas tem cinco vezes mais chance de ser deprimido.

Mudança no apetite
Verifique que algumas pessoas deprimidas perdem o apetite. Outras pessoas não param de comer comida. A consequência pode ser ganho de peso ou perda de peso. Depressão também tem sido associada a distúrbios alimentares , como anorexia, bulimia ou compulsão alimentar.

A depressão precisa ser bem diagnosticada por um Psicólogo e direcionado ao um Psiquiatra, porém podemos começar hoje a levantar esse astral e você acha que está com depressão, procure um de nossos Professores e faça um plano de exercícios e de alimentação para conseguir diminuir os sinais negativos ao cérebro.

Veja a unidade mais próxima. Esperamos por você ou alguém que você goste muito!!!