Chá verde ajuda mesmo a emagrecer?

16 de Setembro de 2013

Se a perda de peso é um dos seus principais objetivos de saúde, o chá verde pode ajudar. Alguns estudos mostram que as substâncias presentes no chá verde pode oferecer diversos efeitos de perda de peso, como acelerar o seu metabolismo e suprimir o apetite. Embora a bebida, rica em antioxidantes, não possa ajudá-lo a perder peso por conta própria, há alguma evidência de que beber chá verde pode apoiar seus esforços na perda de peso.

Como o chá verde pode ajudar a promover a perda de peso?
O chá verde contém cafeína, que é conhecida por aumentar a termogênese (processo biológico envolvido na queima de calorias), o chá verde pode combater a diminuição no metabolismo, que normalmente acompanha a perda de peso. O chá também ajuda a trazer saciedade. Pesquisas indicam que as catequinas interagem com os receptores do hormônio relacionado à sensação de saciedade, evitando que você coma mais do que o necessário. Da mesma forma, o chá é benéfico para a redução do colesterol. A maior parte do colesterol no nosso organismo vem da alimentação. As catequinas EGCG reduzem a absorção desse nutriente no nosso intestino, e consequentemente, em nosso corpo. E estudos mostram sua ação na redução do LDL, o colesterol ruim.

Cuidados ao consumir chá verde
O chá verde é provavelmente seguro para a maioria dos adultos, porém beber mais de cinco copos por dia podem levar a efeitos colaterais comuns da cafeína, como dores de cabeça, nervosismo, problemas de sono e batimento cardíaco irregular. A cafeína presente no chá verde também pode agravar alguns problemas de saúde, incluindo ansiedade, pressão arterial elevada e diabetes.

Quando você deve usá-lo?
Para a maioria dos adultos, beber chá verde regularmente pode gerar alguns benefícios da perda de peso sem causar efeitos negativos na saúde. É claro que apenas o chá não fará milagres, é importante combinar uma dieta saudável com exercícios físicos regulares (incluindo pelo menos duas horas e meia de atividade aeróbica de intensidade moderada e duas sessões de treinamento de força por semana).